Sonetos de Amor ∞
Gustavo Meira, paulista, 16 anos. Gosta de livros, filmes, séries, dias frios, html, design, fotografia e música. É produtor e editor de vídeos e fotos, trabalhando atualmente em ambos.
Início Ask Submit Gifs Textos Twitter
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11


Precisamos de paz, mas de confrontos para reconhecer o sossego. Precisamos de companhia, mas da solidão para necessitar de alguém. Precisamos de momentos alegres, mas da tristeza para que eles possam ser reconhecidos. A vida é assim, feita de altos e baixos, composta pelo contrário, porque no fim tudo se completa, ‘os opostos se atraem’.Talvez seja por isso que todos os seus defeitos abraçam minhas qualidades como uma criança abraça o pai, talvez seja por isso que o gradiente do céu durante o por do sol seja tão belo, talvez seja por isso que a gente exista, pra compreender as diferenças e aprender com os erros.
Há 1 anoreblog + 194via -

Não se assuste se eu sumir por uns dias, é que hoje sinto medo daqui, a realidade me assusta, prefiro viver no meu mundo, prefiro me isolar, quero sentir como é viver do meu próprio amor, não preciso de nada pra fazer, se eu apenas tiver meus pensamentos em ordem e um coração inteiro saberei fazer bom uso, já que não me resta mais nada ao seu lado, vou embora, vou com medo de um dia querer voltar e não te encontrar mais aqui, mas está tarde, você precisa dormir, eu me preocupo com você sabia? Eu percebo quando não está bem, talvez porque eu sinta o quanto você precisa de mim, mas eu preciso é pensar em mim, estou me tornando uma pessoa mentirosa, estou fingindo estar feliz ao lado de quem deixei de amar há muito tempo, pareço estar aqui por obrigação, não aguento mais regras, quero viver no meu mundo e parar de me preocupar com você, eu quero ficar sozinho, quero sentir o poder do silêncio, quero sentir a dor da solidão, quero estar em paz comigo mesmo, quero meditar, quero saber como é viver sem ninguém por um tempo, talvez pra sempre, mas não se preocupe, não é muito tempo, assim como as promessas que fiz, talvez não cumpra essa também, talvez meu pra sempre dure um dia, mas se me tornei o que sou hoje, é por sua causa, é pelos seus erros, é pela sua mentira, e o pior de tudo é que não sinto que está arrependido, não vejo nenhum sinal de culpa em seus olhos, você está bem me fazendo sofrer, como eu posso ser feliz ao lado de alguém como você? Por favor me poupe, agora quero seguir minha vida, dar adeus as coisas e a você, lá vou agora em busca da escuridão, em busca do inesperado, vamos sentir como é que são as trevas, quando eu voltar te conto como seria o lugar onde você mereceria viver.
Há 1 anoreblog + 183 -

O sono após tanto tempo volta a aparecer em minhas noites, sentia falta de fechar os olhos e entrar na escuridão que vai além da interna, pensar na vida, pensar no amanhã e me arrepender do passado, o passado onde permiti você dominar, sua presença na minha vida tirou minhas vontades, afastou amizades e me fez desistir de sonhos, entrei em seu mundo e hoje me arrependo por escolhas erradas, e nessa fria noite onde não tenho mais seus braços pra me aquecer, me cubro com o cobertor mais quente, abraço meu urso de pelúcia que nunca me abandonou, fecho os olhos e tento esquecer por um segundo que seja, tudo que um dia você me causou, meu coração agora se tornou mais frio do que a brisa que passa ao lado de fora de minha casa, casa onde nos meus planos iriamos habitar juntos, hoje os únicos moradores são eu e a dor, todos os objetivos na minha que agora envolvem você é o de te esquecer, te esquecer é como me livrar de algo que me impede de dormir, que atrapalha minha vida, e vou me sentir mais feliz assim, sozinho, do que com a ilusão do amor que tenho em minha mente, ilusão proporcionada por você, que desde a primeira vez que olhou pra mim, servindo aquela pequena xícara de café me fez apaixonar-se perdidamente, me perdi apenas olhando seus olhos, mal eu poderia imaginar que eu poderia me queimar tanto assim, apenas por confiar num doce sorriso e num rostinho bonito. Hoje vejo que minhas lágrimas são inúteis, não vale a pena chorar por alguém que me usou e apenas jogou fora, mas é que é difícil tirar tudo daqui de dentro, eu quero voltar a viver, mas você não deixa, talvez porque ainda haja esperanças, nem que seja mais uma vez dentro de meu coração, coração que se engana, coração que vai se partir, mas insiste em arriscar, mente por favor, me ilumine, por favor, me tire daqui, me tire dessa tentação, eu não quero mais me decepcionar, a única coisa que eu preciso agora é descansar, aqui, mais uma noite pensando em você, perdi meu sono, o dia amanheceu e agora me resta esperar a próxima noite chegar, e tentar mais uma vez descansar minha cabeça no travesseiro, e tentar calar meu coração.
Há 1 anoreblog + 113 -

A nossa chama já se apagou a muito tempo, não sei porque ainda luto em tentar mante-lá acesa, já passamos da hora, está tarde demais para arrependimentos, você fez o que tinha que fazer, agora aceite que o nosso fogo não é mais o mesmo, assim como objetos nosso amor se desgastou, meu coração pra você foi mais um objeto onde você mal cuidou, você me deixou esquecido na prateleira mais alta da sua estante, me deixou empoeirar, me deixou no meio de seus livros, e eu bobo lutei pra tentar escapar, tentei com todas as minhas forças mas apenas me machuquei, tentei de todas as formas te chamar a atenção, fiz coisas as quais você admirava, deixei de fazer coisas as quais você não gostava, segui todas as regras, segui seriamente seu jogo, mas quando estava prestes á ganhar minha recompensa, me decepcionei mais uma vez, levei um não, recebi seu desprezo que tanto me machucava mais uma vez, e dessa vez não lutei por você, cansei, agora vá e me deixe por favor, não precisa mais fingir se preocupar, me deixe e não terá alguém que atrapalhe seu destino, alguém que impeça sua vida de acontecer, por favor, agora lhe peço que me deixe, não quero mais sofrer por esse amor bobo, adeus, espero que se cuide. E a partir de hoje, minha vela derreteu, minha chama de vez se apagou, sem titubear acabou por si só, deixando apenas uma plena escuridão, que agora me convém.
Há 1 anoreblog + 107 -

Nem eu sei mais quem sou, me rotularam tanto e hoje me perdi, me sinto como uma mercadoria entregue a alguém sem cuidados, tenho medo que me quebrem mas não faço nada pra evitar, deixo as pessoas fazerem o que quiserem, nem eu pareço saber meu valor, se eu não me imponho quem será capaz disso? Minha vida está dominada por derrotas, a sensação de medo e solidão estão presentes em mim, tenho medo do amanhã e me sinto mal pelo passado, me arrependo por coisas que não fiz, e hoje me assusto em relembrar como fui um dia, eu ainda tinha um valor, eu ainda tinha quem me ajudasse, hoje me sinto como se tivesse sido lançado em um oceano profundo, onde não tenho pra onde correr, pra onde olhar, e agora o que me resta e deixar que a vida termine o que começou, que dê fim a algo que não deveria ter tido início, e o pior que eu ainda tenho esperanças de que alguém me salve.
Há 1 anoreblog + 135 -

O vai e vem das nuvens e o brilho das estrelas testemunham a dor de um poeta sonhador que sobrevive da saudade, aquela que machuca, que aperta o peito enquanto o coração clama por perdão. Súplicas insaciáveis em busca da melodia que te traga de volta, procurando no fundo da memória os timbres que mais te agradam e os versos que mais lhe acalmam, é durante essa solidão da noite, entre prosas de melancolia com a lua que percebo o quanto tua presença faz falta, que o teu cheiro ainda está em mim e que só voltarei a sorrir quando os pássaros anunciarem a sua volta e o sol refletir no azul do teu olhar. Mas por enquanto, me acabo nesse álbum de lembranças, revendo fotografias e relembrando momentos, o dia amanhece sem se importar com o quão belo é o luar, a luz toma o lugar do negro e mais um capítulo da nossa história se encerra, e o que me mantém em pé é a confiança de que nosso final vai ser feliz, pois no prefácio do nosso amor a previsão era de eternidade.
Há 1 anoreblog + 142 -

Deixei de ser eu mesmo, mas me procuro todos os dias entre minhas palavras macias, leves e cheias de promessas que não vou cumprir.
Há 1 anoreblog + 277 -

E acho que estávamos nos amando, porque ficamos horas nos encarando e eu queria mais que profundamente saber o que ele estava pensando, ate que ele me pergunta o mesmo:
- O que esta pensando? – Eu respondo com sinceridade – Na cor dos seus olhos – Eram olhos mutantes, vez ou outra era castanho, mas quase sempre era azul, e eu ficava imaginando como seria acordar e me deparar com aqueles olhos todos os dias, sem saber se eram da cor da terra ou do céu.
Há 1 anoreblog + 635 -

E se você me perguntar, eu digo: impossível te completar, se tanta coisa em mim falta.

O foda da pessoa te conhecer bem é que ela sabe exatamente como te atormentar.

Que o desnecessário seja vago a ponto de eu não me lembrar mais.

Sonhos são como palavras ainda não escritas com desejo insaciável de se tornarem verdade para serem impressas sobre as linhas da realidade.
As lágrimas de sangue que tu derramaste no cálice da culpa hoje imploram por perdão, teu coração clama por um pouco de calor já que se congelou ao meio de tanta frieza. Os gritos que ecoam por minha mente refletem o quão doloroso pode ser a dor do arrependimento. Nem as melodias que saem do som calmo do piano conseguem tirar de mim todas as canções que um dia marcaram meu destino. Até hoje guardo em meus sonhos deleitar-se de vossa utopia, de ouvir o mais belo poema e junto de ti navegar desconhecidos mares, até por fim ser devorado por um monstro ou perder-se em uma ilha qualquer, onde tudo que nos restará é a morte, doce e saborosa, feliz e intrigante como um romance qualquer onde dois corações calam-se juntos ao fim da noite, ao apagar de uma fogueira e ao despedir da lua, deixando para próximas gerações a ilusão de que o amor é real e que a decepção é consequência. (sonetosdeamor)

As lágrimas de sangue que tu derramaste no cálice da culpa hoje imploram por perdão, teu coração clama por um pouco de calor já que se congelou ao meio de tanta frieza. Os gritos que ecoam por minha mente refletem o quão doloroso pode ser a dor do arrependimento. Nem as melodias que saem do som calmo do piano conseguem tirar de mim todas as canções que um dia marcaram meu destino. Até hoje guardo em meus sonhos deleitar-se de vossa utopia, de ouvir o mais belo poema e junto de ti navegar desconhecidos mares, até por fim ser devorado por um monstro ou perder-se em uma ilha qualquer, onde tudo que nos restará é a morte, doce e saborosa, feliz e intrigante como um romance qualquer onde dois corações calam-se juntos ao fim da noite, ao apagar de uma fogueira e ao despedir da lua, deixando para próximas gerações a ilusão de que o amor é real e que a decepção é consequência. (sonetosdeamor)

          Contos de Joseph #06 - Aceita uma dose de saudade?
Fui dormir pensando nos dias que antecederam essa coisa estranha que vem acontecendo comigo, procurando encontrar um vestígio do porque do meu sentimento de culpa, não namoro e muito menos sou casado, então porque sinto tantas saudades de você? Já estava cansado de suas promessas, passaram se semanas e a única coisa que sobrou foi teu bilhete colado na geladeira com seu “volto logo”. Muito sua cara ir e depois de semanas dar uma desculpa qualquer, da primeira vez tua vó morreu e na segunda ela ressuscitou, não sei porque mas tuas mentiras se tornaram rotina pra mim, tão normal quanto a minha mania de acordar e me exercitar, afinal eu tinha que manter o corpo pra você não me chutar, a academia só não bastava. Era difícil, as vezes me sentia sozinho mas era melhor do que não te ter. O modo como teus dedos massageavam meu corpo era inigualável, quando sentia do nada uma vontade de abandonar esta vida de procrastinação eles é que me faziam insistir nos erros. Depois do banho e do café tomado desci as escadas do meu prédio, não uso elevador por medo, é um trauma meio pessoal, isso já dura anos, mas bom, precisava trabalhar, afinal manter uma cobertura em um dos bairros mais caros não é fácil, meu pai já havia morrido e minha mãe não morava comigo, nem sei se ela lembra que eu existo, me chutou de casa quando soube que eu não era o filho perfeito, a única coisa que me restava era a empresa quase falida, que ainda me permitia se sustentar e ter um pouco de luxo e uma transa quando tivesse vontade, mas nenhuma daquelas sem compromisso era como a tua, não sei o que você fazia, mas teu cheiro era inesquecível. Preciso me concentrar no caminho, chegar excitado no trabalho não é algo que me conte pontos com os funcionários, eles já não gostam do meu jeito egocêntrico e mandão de ser, quem dera ter um chefe tarado que olha pra bunda dos empregados e que deseja o sócio. Minha cabeça doía um pouco, e minha visão falhava, esqueci os óculos pra variar e ainda conseguia enxergar as luzes da boate, oh céus, estou um caco, talvez tivesse sido mais fácil fingir gostar de peitos e casar com uma velha viúva e rica qualquer, mas ficar longe de músculos não é o meu forte. Alguns dizem que sou uma decepção, outros que sou orgulho, não sei a qual ouvir, nunca dei bola pra que os outros diziam, apenas ao que Mike me falava quando meus sentimentos ameaçavam aflorar… “é só diversão”. Nunca ouvi palavras mais sábias, Mike sempre foi um exemplo pra mim, eu adorava o seu jeito divertido de ser e como ele não se preocupava com o amanhã, a não ser quando o assunto era sua conta bancária. Eu e Mike sempre estivemos juntos, desde que o conheci mudei muita coisa em minha vida e aprendi a sonhar, aquele cara me inspirava e pra mim era um exemplo. Nosso lema sempre foi não ligar pras coisas, pois tudo passa, isso servia pra tudo, menos a minha admiração por ele. Preciso mesmo é de férias, pegar um loiro qualquer e aproveitar a vida, talvez ir pra Paris e fingir pra mim mesmo que sou romântico, ou pegar os caras de Londres, pra mim tanto faz, só quero esquecer que nessa manhã não acordei ao teu lado, tudo fica na vontade, começa no fundo do peito e acaba numa dose de whisky, num charuto caro e em uma dose de café pra não perder o costume, tenho vontades, tenho sonhos, mas não os realizo, sou preguiçoso demais pra isso, minha vida se tornou esse labirinto de um caminho só, e o que me impede de sair dele, é a vontade de ter você comigo, nem que seja só por mais uma noite. (sonetosdeamor)

          Contos de Joseph #06 - Aceita uma dose de saudade?

Fui dormir pensando nos dias que antecederam essa coisa estranha que vem acontecendo comigo, procurando encontrar um vestígio do porque do meu sentimento de culpa, não namoro e muito menos sou casado, então porque sinto tantas saudades de você? Já estava cansado de suas promessas, passaram se semanas e a única coisa que sobrou foi teu bilhete colado na geladeira com seu “volto logo”. Muito sua cara ir e depois de semanas dar uma desculpa qualquer, da primeira vez tua vó morreu e na segunda ela ressuscitou, não sei porque mas tuas mentiras se tornaram rotina pra mim, tão normal quanto a minha mania de acordar e me exercitar, afinal eu tinha que manter o corpo pra você não me chutar, a academia só não bastava. Era difícil, as vezes me sentia sozinho mas era melhor do que não te ter. O modo como teus dedos massageavam meu corpo era inigualável, quando sentia do nada uma vontade de abandonar esta vida de procrastinação eles é que me faziam insistir nos erros. Depois do banho e do café tomado desci as escadas do meu prédio, não uso elevador por medo, é um trauma meio pessoal, isso já dura anos, mas bom, precisava trabalhar, afinal manter uma cobertura em um dos bairros mais caros não é fácil, meu pai já havia morrido e minha mãe não morava comigo, nem sei se ela lembra que eu existo, me chutou de casa quando soube que eu não era o filho perfeito, a única coisa que me restava era a empresa quase falida, que ainda me permitia se sustentar e ter um pouco de luxo e uma transa quando tivesse vontade, mas nenhuma daquelas sem compromisso era como a tua, não sei o que você fazia, mas teu cheiro era inesquecível. Preciso me concentrar no caminho, chegar excitado no trabalho não é algo que me conte pontos com os funcionários, eles já não gostam do meu jeito egocêntrico e mandão de ser, quem dera ter um chefe tarado que olha pra bunda dos empregados e que deseja o sócio. Minha cabeça doía um pouco, e minha visão falhava, esqueci os óculos pra variar e ainda conseguia enxergar as luzes da boate, oh céus, estou um caco, talvez tivesse sido mais fácil fingir gostar de peitos e casar com uma velha viúva e rica qualquer, mas ficar longe de músculos não é o meu forte. Alguns dizem que sou uma decepção, outros que sou orgulho, não sei a qual ouvir, nunca dei bola pra que os outros diziam, apenas ao que Mike me falava quando meus sentimentos ameaçavam aflorar… “é só diversão”. Nunca ouvi palavras mais sábias, Mike sempre foi um exemplo pra mim, eu adorava o seu jeito divertido de ser e como ele não se preocupava com o amanhã, a não ser quando o assunto era sua conta bancária. Eu e Mike sempre estivemos juntos, desde que o conheci mudei muita coisa em minha vida e aprendi a sonhar, aquele cara me inspirava e pra mim era um exemplo. Nosso lema sempre foi não ligar pras coisas, pois tudo passa, isso servia pra tudo, menos a minha admiração por ele. Preciso mesmo é de férias, pegar um loiro qualquer e aproveitar a vida, talvez ir pra Paris e fingir pra mim mesmo que sou romântico, ou pegar os caras de Londres, pra mim tanto faz, só quero esquecer que nessa manhã não acordei ao teu lado, tudo fica na vontade, começa no fundo do peito e acaba numa dose de whisky, num charuto caro e em uma dose de café pra não perder o costume, tenho vontades, tenho sonhos, mas não os realizo, sou preguiçoso demais pra isso, minha vida se tornou esse labirinto de um caminho só, e o que me impede de sair dele, é a vontade de ter você comigo, nem que seja só por mais uma noite. (sonetosdeamor)


Era uma noite fria de inverno, a casa estava bem aquecida mas o frio lá fora insistia em entrar, não sei se era culpa das janelas mal fechadas ou da frieza que habitava em mim, estava quase anoitecendo e meus pensamentos não se alteravam, a saudade dominava minha mente e o coração palpitava pedindo socorro. “Me perdoe e não me procure, estarei em um lugar melhor do que qualquer outro que já estive…” As palavras escritas naquela carta ecoavam na minha cabeça, formando um enorme vazio no meu coração. As lágrimas escorriam como a chuva la fora. Dentro de mim esta tudo quebrado, como os cacos de vidros na cozinha que acidentalmente quebrei.
As coisas vão ficar díficeis provavelmente, principalmente pra você. Tu não irá encontrar um individuo que te aguente. Aguente seu ciúmes, suas crises, dê carinho suficiente. Você não irá ter uma pessoa pra te acordar de madrugada e dizer que você é linda. Se lembra? Você sempre virava pro outro lado como se não tivesse ligando pro que eu falava. Eu insisti em você, perdoei os seus erros e ignorei aqueles que me aconselharam a partir. Fiz certas loucuras por você. Dediquei a minha vida á você. Eu nunca esqueci, desde a primeira vez que você falhou, foi acomulando dentro de mim. Eu chegava em casa pra receber carinho e você ignorava, fazia pouco. Eu estava acompanhado de você mas me sentia sozinho. As coisas irão mudar daqui pra frente. Meu sofrimento acabou, meu amor por você esta enterrado. Sinta a minha falta agora que você me perdeu.
De minuto em minuto cada triste verso que li voltava na memória, e eu bastante tola voltava a ler suas últimas palavras, sentada na escrivaninha bagunçada a qual você sempre reclamava.
Há 1 anoreblog + 468via -
THEME RENATO-07-12